O ano novo ao redor do mundo

Mc Donald’s também é cultura. Um amigo foi lanchar e trouxe um folheto com curiosidades sobre a virada do ano ao redor do mundo. Achei muito interessante e decidi compartilhar com vocês.

Sabia que na China, o ano (do carneiro) começa em 19 de fevereiro? Que em Israel, o Rosh Hashana, é só dia 13 de setembro? Na Arábia Saudita, o 1 Muharram, acontece dia 15 de outubro? E na Índia, o ano novo Hindu dá início no dia 21 de março? Muito legal, não é mesmo?

Em cada cultura, ele é comemorado de um jeito. Enquanto aqui no Brasil, as pessoas que vão para o litoral, passam a virada pulando sete ondinhas e fazendo seus pedidos, sempre vestindo branco, na Filipinas eles usam roupas de bolinhas e comem coisas redondas pois acreditam que os círculos são símbolos de prosperidade.

No Canadá eles mergulham em rios geladíssimos para realizar as promessas feitas por amigos e parentes (que sorte meu irmão não estar lá este ano, bruuuuu).

Na Alemanha eles decoram suas casas com porquinhos de chocolate e marzipã, simbolizando sorte e fartura.

Nos Estados Unidos e na Europa é tradição beijar alguém debaixo de um ramo de visco. Achei romântico.

No Peru existe uma tradição andina, não tão romântica assim, chamada Takanakuy. No final de dezembro, quem está brigado se encontra pra brigar um pouco mais, acreditando que assim vão começar o ano sem desavenças.

No País de Gales eles tentam pagar suas dívidas até o último dia do ano para não entrar o novo ano no vermelho.

Na Espanha, um pouco como a gente, comem 12 uvas à meia-noite, uma uva para os próximos 12 meses.

Na Escócia eles dão um biscoito de aveia chamado Hogmanay para as crianças.

No Camboja, crianças lavam os pés dos pais e avós, simbolizando respeito aos antepassados e recebendo bençãos em troca.

Na Dinamarca é costume quebrar pratos na porta da casa dos seus amigos, na noite de ano novo.

Na China, fazem igual meu marido, uma grande faxina em casa e também decoram a casa com coisas vermelhas.

Na Suíça, imagina que excêntrico, deixam cair um pouco de sorvete no chão para celebrar.

Na Venezuela dão uma volta no quarteirão segurando uma mala vazia significando que será um ano cheio de viagens. Oh coisa boa!

No Equador queimam fotos de coisas que não querem levar adiante no próximo ano, em uma fogueira que simboliza o desapego.

No Japão acreditam muito no primeiro sonho do ano. Se for com o Monte Fuji, 2 águias ou 3 berinjelas, será um ano de muita sorte. Huahuahua.

É isso galerinha, cada um se apega como pode.

Eu costumo a agradecer o ano que passou e fazer uma lista de desejos para o próximo ano. E vocês, como passam a virada de ano? Com a família ou os amigos? Tem alguma supertição?

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s