A incrível história de Adaline

Sexta foi um daqueles dias que deu todo errado. Eu estava indo para o casamento de um primo em Uberlândia, super ansiosa pois tinha trabalhado até 5h da manhã na noite seguinte, não consegui tempo para almoçar, e queria sair antes de começar o rodízio do carro, quando esqueci de fazer a mala do meu marido e o trânsito resolveu não colaborar (andamos 1 quarteirão em 1 hora), o jeito foi voltar para o trabalho e chorar pela minha vó que caiu ao tentar pegar uma uva quebrando o nariz.

Eu estava completamente sem forças (até pra brigar, se fosse preciso) quando o nego gentilmente me convidou para fazer o que mais amo. Fomos ao shopping jantar no restaurante japonês e depois assistir a estreia de um filme bem mulherzinha.

A incrível história de Adaline, vivida por Blake Lively, conta sobre uma mulher que nasceu na virada do século 20. Ela se apaixonou, se casou, teve uma filha, até que seu marido morreu. Pouco depois em uma viagem para buscar a sua filha na fazenda dos pais, Adaline perde o controle da direção do seu carro e sofre um acidente. Explicações científicas à parte, Adaline deixa de envelhecer naquele momento, ficando assim com aparência de 29 até seus 107 anos.

Assisti porque minhas blogueiras postaram que se não fosse pela história toda mulher se apaixonaria pelo figurino. No entanto, achei esta passagem de tempo entre as décadas muito corrido. Serena sempre será Serena. Mas fica cansativo vê-la fugindo da sua inexplicável existência e o mimimi de ela decidir não se envolver com ninguém para não ter o seu segredo revelado. Gente, a pessoa vai ficar linda pra sempre???? E até agora os únicos parentes que ela perdeu foram seus au-auzinhos, companheiros fiéis.

O filme começa a ficar interessante lá pelo final, mas daí a metade do cinema já estava roncando (alto). Se for ver, pare de ler agora que lá vem um spoiler: quando Adaline se apaixona pelo milionário que coincidentemente é filho do seu grande amor do passado. Só faltava Della.

The-Age-of-Adaline-XXLG-12Março2015-03

Advertisements

Coquetel Revista Raça

A Jeni foi convidada para um coquetel da Revista Raça e me levou de acompanhante só para podermos contar como foi tudo para vocês.

A chegada imponente do lindo casarão no bairro Bela Vista já prometia que a noite seria maravilhosa. Fomos super bem recebidas por fotógrafos, modelos e imprensa. E fizemos amizade com o garçom dos vinhos.

No palco, apresentações musicais como o coral da igreja da modelo da capa e o grupo de rap da atriz que participou do seriado Antônia na Globo.

Não poderíamos deixar de fotografar a beleza estonteante e cheia de personalidade de todas as mulheres que estavam ali. Se inspirem e fiquem poderosas como elas.

Obrigada meninas. Valew família Rossi.

IMG_7632 IMG_7635 IMG_7639 IMG_7640 IMG_7642 IMG_7647 IMG_7655 IMG_7659 IMG_7678 IMG_7690 IMG_7701

IMG_7643 IMG_7644 IMG_7656 IMG_7664

St. George’s Pub

Para comemorar um novo ciclo aqui na agência, seguido de várias noites viradas e muitas ideias geniais para Cannes, nosso chefe nos convidou para uma confraternização no St.George’s Pub do Itaim Bibi.

Gostei de conhecer o lugar que antes foi um restaurante japonês, mas agora está completamente ambientado no estilo rock ao vivo, cerveja trincando de gelada e muita descontração.

Ficamos um bom tempo jogando pinbolin, com a esmagante vitória das meninas. Uhulll mandou bem Tricia e Fabíola. E no segundo tempo, curtimos a bandinha, comemos uns petiscos e tomamos uns bons drinks.

Confesso que a meia noite todo mundo virou abóbora e foi para casa descansar. Afinal, hoje é sexta.

2015-05-15 01.03.27 2015-05-15 01.05.40 2015-05-15 01.07.1711074161_864115133660888_8281027372462398322_n 2015-05-15 01.07.54 2015-05-15 01.08.35 2015-05-15 01.09.39 2015-05-15 01.10.29 2015-05-15 01.15.04 20150514_213151 20150514_213631
20150514_215405 IMG-20150515-WA0010 IMG-20150515-WA0012

Comidinhas importadas

Ontem recebemos a visita de um conceituadíssimo chef de cozinha em nossa casa: Christian Dantos. O amigo de faculdade do meu marido e sua namorada Nati fizeram nossa noite de quarta mais gostosa.

O Chris, mais conhecido como Gringo, acabou de voltar dos EUA (sua terra natal) e trouxe para gente provar algumas excentricidades. Ele nos falou das 4 carnes desidratadas da Califórnia.

Provamos primeiro o Jacaré com tempero Cajun, tradicional de Nova Orleans (Louisiana) do Sul dos EUA que é uma mistura crioula, francesa, bem temperada, pimentadinha. A melhor das 4, na nossa modesta opinião.

Búfalo, que tem um pouquinho menos de gordura, muito mais fibrosa, uma carne bem mais forte, temperada com pimenta do reino.

Píton, que é uma cobra seca. Não gostamos porque achamos muito forte o sabor, o tempero da conserva não foi suficiente para amenizar, é uma carne bem borrachuda que parece água de pantano.

Coelho, típico francês, é super leve, intermediário entre frango e boi. Pode fazer uma sopa de coelho, brazeado, assado. É uma delícia.

Além disso ele também fez Chili com Carne que servimos com pão de queijo quentinho.

Foi uma noite muito agradável. No mínimo mais diferente do que trazer sacos e sacos de Kit Kat.

20150513_215513 20150514_000818

Plano de voo: ser feliz a cada dia.

Quem trabalha em agência sabe que o pessoal da mídia é quem faz todo contato com o veículo, fecha importantes negociações e mexe com o dinheiro não só da agência, mas movimenta o do mundo. Ou seja, explicando de maneira bem simples, é aquele ser que quando fez publicidade entendeu que se trata de um negócio muito mais amplo do que criar soluções para aumentar as vendas dos produtos e serviços dos clientes, com olhar clínico para os números, super caxias e concentrado sabe que sem divulgação e contatos não se vai muito longe. Por isso, aproveito este espaço que está chegando a mil leitores diários para agradecer a todos meus amigos de mídia, os quais admiro imensamente, porque eu nunca seria capaz de fazer o que eles fazem (e ainda comparecer aos eventos). Aos meus queridos gênios, toda minha devoção e muito obrigada.

Para continuar esclarecendo minhas amigas que se perguntam: como a Ellen consegue estar em vários lugares ao mesmo tempo? Vou responder com um agradecimento especial a Pri Favacho. Um dia estava vendo as fotos da Fernanda passeando de helicóptero e no outro o Rafa comentou que a Pri havia convidado ele pra voar. A Elaine Martins, gerente de contas da BTN (Brazilian Traffic Network), ofereceu uma volta para ele sobrevoar São Paulo em 20 minutos. Não é toda quarta que isto acontece na vida da gente, mas quando se tem amigos… a Julia e o Daniel não puderam acompanhá-lo nesta aventura, então eu e o Alexandre aceitamos de prontidão fazer este reconhecimento de terreno (ótima oportunidade pro nego conhecer meu irmão de coração). Era um sonho para os meninos. Eu fui mesmo para dar um check in neste momento inesquecível.

10h30 em ponto nos encontramos na sala VIP do Hangar Planavel no Campo de Marte. Fomos apresentados para equipe, conhecemos seu local de trabalho, assinamos o contrato de responsabilidade (iríamos voar por nossa livre e espontânea vontade, e que vontade!), escutamos as regras de segurança para, por exemplo, não ter a cabeça degolada pela hélice, tiramos algumas fotinhas pra registrar que era verdade e fomos.

O piloto Joho, com toda a sua experiência, decolou em direção ao Centro, passando pela Paulista, Parque Ibirapuera, Museu do Ipiranga, e muitos outros lugares simbólicos de Sampa. A sensação foi que passou muito rápido. Ficamos todos em profundo silêncio curtindo o momento para capturar o melhor nas nossas lembranças. Meu amor pela cidade só aumentou e o orgulho pela minha profissão, nem se fala.

20150513_111433 IMG_7527 IMG_7528 IMG_7534 IMG_7535 IMG_7544 20150513_110432 20150513_110844 20150513_110946 20150513_111117 20150513_111223 20150513_111243 20150513_111442 20150513_111504 20150513_111532 20150513_111640 20150513_111815 IMG_7582 IMG_7604IMG-20150513-WA0011 IMG-20150513-WA0013 IMG-20150513-WA0015 IMG-20150513-WA0018

Hello Hong Kong por Juh Vilela

Conheci a Juliana há mais ou menos 15 anos. Ela é prima do melhor amigo do meu irmão e a gente acabou viajando muito juntas. Uma criança linda, fofa, amorosa e super divertida. Nem imaginava a sua vocação para estilista e muito menos empreendedora. Apesar de a família ser sempre elegante e as mulheres muito vaidosas, não se deixavam afetar por isso. Buscavam criatividade nas coisas simples do dia a dia, colocando beleza aonde quer que passassem.

Foi com este olhar apurado e cheio de charme que a minha Jujubinha cresceu. Criou uma marca, conquistou 3 mil seguidoras e apreciadoras do seu incrível trabalho, e eu com certeza me incluo nesta legião de fãs. Tive o privilégio de estar na inauguração da sua loja em Goiânia, na Galeria Caiobá (Al. Ricardo Paranhos, 540, Setor Marista). Saber em primeira mão as últimas tendências pelo instagram @juhvilelabrand e curtir todas as novidades da sua marca, aplaudindo de pé as suas conquistas pelo site www.juhvilela.com.br

Infelizmente não consigo estar presente em todos os eventos como este desfile chiquérrimo da coleção de inverno 2015. Mas quero mostrar pra vocês um pouquinho deste trabalho divino em Hello Hong Kong. Dê um pulo na loja, quem sabe não encontre alguma peça das estampas exclusivas inspiradas em NY. 

Por enquanto fique babando nas capas, decotes e rendas que vão deixar as Goianas ainda mais maravilhosas e ser sucesso não só na terrinha, mas mundo afora.

Ah, a Juh está sorteando a capa dos meus sonhos pelo instagram. É esta aí embaixo com minha modelo preferida, a mais gata e querida de todas: Marília Vav. Vai lá, curte a foto, e chama as amigas.

11174811_886069961450839_2359766488393528560_n

21807_886069981450837_4713599990285070473_n 1554602_886069518117550_8766619175741478583_n 11168471_886071068117395_2916575687434887152_n 11169874_886070658117436_7353667071854278028_n 11173358_886070531450782_4501791235068005623_n 11174865_886842331373602_4831075893596303302_n 11178194_886071264784042_4608295383059181571_n 11188367_886070354784133_5864611621030530630_n 11193326_886068818117620_9199969927938475224_n 11193423_886069361450899_6671581625706174168_n 11203057_886069121450923_2565149941649466172_n 11205148_886069594784209_3826459337468504461_n

Inverno 2015 – Hello Hong Kong

Exposição Olhares – um trabalho primoroso.

Há 6 anos tive a honra de conhecer e trabalhar com um dos maiores diretores de criação de São Paulo. Ele tinha sido importado para Ribeirão Preto para dar um up na Etco Ogilvy e foi exatamente isso que fez. Com uma conduta próxima, soube motivar cada um de nós a colocar a criatividade em primeiro lugar.

Ao sairmos de lá a amizade continuou. E acompanhar seu trabalho, não só na área da publicidade, como em todos os ramos da arte, virou um prazer. Já sabia que sua esposa Cristina Kannebley é uma escultora de sensibilidade ímpar, mas não conhecia a fotografia de Marco Antônio Almeida, que me surpreendeu positivamente, mais uma vez.

Eu e meu marido fomos convidados para o coquetel de abertura da exposição OLHARES, na PontoArt da Vila Madalena. Por isso, no sábado a noite, estávamos lá compartilhando de uma experiência enriquecedora.

Minhas obras preferidas foram: Espera I, esta escultura em resina vermelha e Família, em branco, em que a mãe é o centro de tudo. Amei o quadro Mademoiselle, em que marco flagrou uma parisiense de trench coat e scarpin esperando o semáforo abrir, e os Telhados no sublime contraste entre luz e sombra.

A exposição fica aberta até o dia 30 de maio. Mas se eu fosse você não esperava muito tempo para conferir (grande parte das obras já foram vendidas). Uma verdadeira obra prima.

2015-05-09 23.25.27 2015-05-09 23.26.39 2015-05-09 23.27.23 2015-05-09 23.28.07 2015-05-09 23.29.14 2015-05-09 23.30.23 2015-05-09 23.31.58 11201885_964614300249047_5057835036554696565_n