Nunca mais: Frederico Boteco

Nunca mais como escondidinho. E olha, que este costumava ser um dos meus pratos preferidos. Escondidinho de carne seca, escondidinho de camarão, escondidinho de frango. Não importava o que estivesse escondido, e nem se estava tão bem escondido que só dava pra sentir o gosto da mandioca, era mesmo o creme que fazia tudo fazer sentido. Como se a vida tivesse mais sabor. Como se um simples barzinho se transformasse em um grande momento digno de se compartilhar.

Mas a história que quero contar hoje é sobre sexta passada. Sim, depois de uma semana, ainda não consigo digerir o ocorrido. Estava em um boteco perto de casa (Frederico Boteco na Avenida Aratãs, 578, Moema) quando, diante de um cardápio extenso, pedi a recomendação do garçom sobre o escondidinho. Ele disse que era muito bom, que era feito em casa, e que eu não ia me arrepender. Foi então que depois de 40 minutos, a comida chegou toda queimada, mas não quis reclamar me limitando a retirar o queijo de cima e colocar ao lado. Na primeira garfada senti que o camarão não estava tão fresquinho, mas o pior era o recheio. Não era mandioca, não era batata, não era requeijão, e sim uma meleca branca, gosmenta e hidrogenada que com certeza me faria muito mal se eu resolvesse insistir.

Educadamente, meu marido perguntou ao gerente o que era aquilo e disse que não iríamos comer. Até elogiamos o ambiente, a fartura do outro prato, mas gostaríamos que ele entendesse que não era só uma questão de gosto, estávamos nos sentindo enganados. O gerente e sua barriga imensa, apenas se curvaram em nossa direção para dizer: Quer que embrulhe para levar? Bom, a gente não estava querendo embora, mas depois desta pergunta ridícula e dos 37 reais que nos foi cobrado indevidamente tivemos que nos retirar. Para finalizar, o garçom ainda disse: tem gente que come, mas aqui o negócio é complicado, se você comer pimenta demais eles descontam do nosso salário.

E para não me decepcionar mais, resolvi abrir o jogo com os amigos: se eu fosse você, não colocaria os pés neste bar. Nunca mais.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s